Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2010 03 Operação que prendeu 2 em União, continua em Garanhuns/PE
30/03/2010 - 12h04m

Operação que prendeu 2 em União, continua em Garanhuns/PE

Mais cinco homens foram presos na cidade pernambucana; quadrilha se articulava para agir em AL

Operação que prendeu 2 em União, continua em Garanhuns/PE

divulgação

Fonte: Gazetaweb

Dando continuidade à operação desencadeada na manhã desta quarta-feira (24), na qual dois maiores e um menor foram detidos, policiais do 2° Batalhão de União dos Palmares se deslocaram até a cidade de Garanhuns, Pernambuco. A polícia obteve êxito e lá mais cinco pessoas que, segundo a polícia integram o mesmo bando, foram presas.Ao todo, agora, já somam oito os presos.

Uma operação desencandeada nesta quarta-feira (24), em União dos Palmares, apresenta como primeiros resultados a prisão de um grupo de pernambucanos acusado de cometer assaltos e de envolvimento com roubo de cargas e de animais na região. Com eles, os policiais do 2º Batalhão apreenderam um fuzil e produtos roubados.

Logo após obter a notícia da prisão do grupo, um delegado pernambucano foi até União dos Palmares,onde passou a tarde interrogando os primeiros interceptados pela polícia palmarina. Pouco tempo depois, uma equipe da Polícia Civil do referiro estado chegou à cidade para aprofundar as investigações.

Nesse ínterim, a polícia alagoana conseguiu do promotor da Vara da Criança e da Juventude, Tácito Yuri, autorização para levar o menor G.S.V., de 16 anos, até o Garanhuns para que servisse de 'isca' na possível prisão do pai Joaquim José da Silva, de 46. Lá, ele teria entrado em contato com Joaquim, marcado um encontro planejado pelos policiais no terminal rodoviário,onde ocorreram as prisões.

Além de Joaquim, que também morava na Serra da Barriga, os policiais prenderam Manoel Alfredo da Silva, de 48 anos, este residente na Rua José Luz, número 100, em Palmeira dos Índios; também Mikon Evaristo alves, de 25, que mora na Rua Dilson Funaro, número 366, em Garanhuns, mais Cícero Barbosa da Silva, de 75 anos, morador da casa número 221, da Rua Thomé de Souza, em Garanhuns, e Genilson da Silva, de 29, que mora na Rua Demócrito Gracindo, S/N.

Segundo o tenente Franklin- à frente da operação com o tenente Arandas-, a quadrilha foi totalmente esfacelada. "Agora estão todos presos. O grupo já é conhecido aqui em Pernambuco e estava se infiltrando em Alagoas. Todos serão levados para Maceió"- explica o oficial.

Cícero Barbosa teria surpreendido a polícia por se tratar de um idoso, mas ter mandado de prisão na Bahia. Manoel alfredo estava com um Fiat Uno de cor branca e placa BVU-2425/PE, de Garanhuns. Joaquim seria o executor do soldado Acherson Humberto, conhecido como "Chel", da Polícia Militar de Pernambuco, crime ocorrido no mês passado, na cidade de São João.

Joaquim, segundo o tenente Franklin, está ferido. "Ontem eles trocaram tiros com a Polícia Federal e o Joaquim está com três ferimentos à bala"- ressalta.

Já o delegado Cícero Lima, da Regional de União dos Palmares, disse à Gazetaweb que o menor filho de Joaquim á acusado de cometer dois homicídios no bairro do Jacintinho, em Maceió.

Operação

Os policiais do 2º Batalhão, conforme o sargento PM Bento, saíram de União dos Palmares por volta das 15h desta quarta-feira (24) e retornaram à sede do batalhão na primeira hora desta madrugada.

Ao chegarem na cidade de Garanhuns contaram com o apoio do G.A.T.E e dos policiais do Serviço de Inteligência do 9º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco. De Alagoas foram envolvidos 10 policiais do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes)e mais duas viaturas.

Os cinco presos em Garanhuns serão ouvidos nesta manhã pelo delegado Cícero Lima.
 

Ações do documento